SJ TheDaily - шаблон joomla Форекс

Exposições – Dicas para organizar

02 Maio 2017
Author :  

Uma exposição é um tipo de evento com características únicas: por necessitar de um conteúdo de alto nível para ser capaz de agregar valor e criar experiências para os participantes, a organização de uma exposição deve ser bastante cuidadosa e estar atenta aos mínimos detalhes para que tudo saia perfeito no grande dia.

De modo geral, as exposições ocorrem em museus. Porém, nada impede que sejam realizadas em espaços alternativos, que se encaixe nos padrões da ideia e do conceito que se quer mostrar. As exibições artísticas, por exemplo, colocam em evidência a produção de um ou mais artistas sobre fatos relacionados a um acontecimento ou personagem histórico, uma descoberta científica, um ideal político ou uma tradição, dentre vários outros temas que podem ser abordados.

O sucesso de uma exposição artística está relacionado a fatores como qualidade, forma de apresentação, objetivos educacionais e recursos visuais que complementarão o processo. Elencamos algumas dicas bem úteis para produzir uma exposição bem-sucedida. Olha só:

1. Definir características e dividir equipes
O primeiro passo a ser seguido é a definição dos pontos que darão início à organização como o tema, o público, o local e a duração do evento. Procure fazer uma pesquisa extensa na fase de pré-produção para que a escolha seja o mais acertada possível. Lembre-se: isso terá impacto sobre todas as próximas fases do evento!

Feito isso, você deve selecionar os profissionais e as equipes que trabalharão ao seu lado na organização. Para otimizar o trabalho, divida as atribuições das equipes em categorias principais, como:

– Pesquisa: esta é a equipe que busca mais informações sobre os temas de uma exposição. Assim, a elaboração de textos que irão para folhetos, catálogos e outros será sempre muito bem-feita;

– Curadoria: a função do time de curadores é selecionar a linha da exposição e acervo, além de definir e acompanhar a montagem da estrutura da exposição. Fora isso, a curadoria também pode planejar atividades paralelas como debates, mostras de filmes, palestras e mais;

– Produção: responsável por orçamentos, compra de materiais e viabilização de projetos, essa equipe é quem gerencia os recursos que serão disponibilizados para os outros times, como os da curadoria, por exemplo;

– Setor Educativo: é o setor que contribui para o efeito desejado de uma exposição. É ele quem aproxima obras ao público, participando de possíveis atividades paralelas, como oficinas e cursos;

– Montagem: o manuseio e posicionamento das obras que serão expostas é um serviço de altíssima importância. Preparar suportes, local, pintar paredes e seguir as especificações que a curadoria solicitar são algumas atividades próprias da equipe de montagem.

2. Antecedência e riqueza de detalhes
Com a definição desses itens começa-se a etapa de planejamento. O que você precisa saber para começar a montar sua exposição?

– Metragem quadrada das estruturas;
– Altura máxima das peças;
– Quantidade de metros lineares dos painéis ou paredes;
– Necessidade de proteção solar, pois umidade excessiva e temperaturas muito altas podem danificar as obras;
– Iluminação;
– Bases e vitrines para objetos;
– Segurança das peças e das pessoas.

Com isso tudo em mãos, já é possível começar a visualizar a exposição como um todo. A partir daí, itens como de que forma será feita a disposição das obras, o que será necessário, qual será a sequência das obras, onde ficarão as atividades e como ficará o cronograma de atividades já estarão definidos (ufa!). Até detalhes como cores e luzes poderão ser pensados se o planejamento for bem-feito e bem-executado em menos tempo e com mais eficiência.

3. Quais os seus principais objetivos?
Em sua maioria, as exposições visam a informar e construir conhecimentos de forma didática e apropriada para, pelo menos, a maior parte de seu público. Além disso, elas também procuram satisfazê-lo emocional e culturalmente, despertando o seu interesse por novas experiências e dados na área representada. Outro objetivo de uma exposição pode ser atrair visitantes e/ou turistas para a cidade em que está sendo realizada, bem como proporcionar a geração de networking entre os interessados pelo tema abordado pelo evento.

4. Tipos e durações das exposições
Você sabia que nem só de artes vivem as exposições? Existem exposições voltadas para diversos temas e públicos, como as temáticas e as retrospectivas de um certo período temporal. Além disso, também há variações de duração entre as exposições. Reunimos alguns tipos abaixo:

– Exposição temática: tem por objetivo apresentar e destacar um tema específico. Ex: uma exposição sobre futebol, carnaval, aviões etc.;

– Comemorativa: destaca um feito, uma data ou algum personagem que tenha tido relevância histórica ou cultural;

• Cronológica: destaca uma época ou momento contando o passar do tempo, destacando a cronologia dos acontecimentos;

• Histórica: são apresentados aspectos de um período e/ou períodos históricos determinados;

• Retrospectiva: apresenta etapas de algum autor ou criador. São selecionadas as obras mais expressivas e polêmicas ou as obras mais representativas. Pode expor também a retrospectiva de fatos em determinado período de tempo;

• Exposição individual: onde se apresenta um único artista;

• Coletiva: realizada com um grupo de artistas ou onde se apresenta uma tendência estética ou um período artístico;

• Itinerante: projetada para ser transportada de um lugar para outro.

Em relação ao período de duração, as exposições podem ser classificadas como:

• Permanente: feita para ficar à mostra sem grandes modificações por períodos longos de tempo;
• Temporária: é exibida por um período limitado de tempo.

São várias as definições de exposições, todas com um mesmo intuito: ocupar mentes que desejam saber mais. 

Fonte: http://academia.eventick.com.br/exposicoes/

Setor de Eventos

Somos o setor de promoção de eventos da CPAD (Casa Publicadora das Assembleias de Deus).

Organizamos conferências, congressos, encontros e estamos presente em grandes eventos que marcam a vida evangélica e editorial brasileira.

Leia mais...

Fale conosco

Informações:
TEL.: (21) 2406-7044 / 7352 / 7482
FAX: 2405-7343


E-mails:
eventos@cpad.com.br